Cadastre-se em nosso boletim semanal

Nome:
Email:
Cadastre-se e receba as atualizações do site

Encosto, quebrante, mau olhado, feitiçaria, praga, pode “pegar”?

- “Encosto,quebrante, mau olhado, feitiçaria, praga, pode “pegar”?”
- “Quando cheguei perto de fulano, comecei a bocejar, sem parar!”
- “Tá tudo dando errado! Acho que fizeram um trabalho contra mim!”
- “Não tô legal! Tô com mau encosto!”
- “Encontrei um boneco todo espetado! Cruzcredo!”

E por aí vai... O que tem de verdade nesses comentários?

Lembremo-nos de que o pensamento é uma energia eletromagnética, que parte de um emissor e alcança a um ou vários receptores, impulsionada pela vontade. Que essa energia tem densidade, cor, comprimento de onda e outros atributos. Que recebemos e emitimos pensamentos, ininterruptamente.

Então, se o emissor encontra- se dominado por pensamentos e sentimentos de rancor, ódio, mágoa, inveja, desejo de vingança e outros, menos nobres, emite, ardentemente, essa energia negativa em direção a uma ou mais pessoas. Se as pessoas, a quem são dirigidos esses pensamentos contundentes, estão sintonizadas na mesma faixa vibratória do emissor, fatalmente serão atingidas. Eis porque Jesus nos recomendou: - “Orai e vigiai!”

Em muitas culturas, através dos séculos, até nossos dias, têm-se a convicção de que certos rituais cabalísticos, recitação de palavras ditas especiais, bonecos e imagens, uso de substâncias e poções, amuletos, etc., têm a faculdade de atingir os objetivos aos quais se propõem. Não deveríamos ser tão simplistas e menosprezar o Amor do Nosso Creador! Será que o Pai permitiria que fôssemos atingidos, indiscriminada e indefensavelmente, por outrem?

A esse respeito, convido os leitores a lerem, atentamente, o capítulo IX, de O Livro dos Espíritos, da questão 456 até a 472, com ênfase nas questões 467, 468 e 469. Também as questões 475 e 479. Todas dizem do poder da oração, do bem proceder, da necessidade de transformação moral e espiritual do indivíduo, do desenvolvimento do “Eu Crístico”. Contra o Bem, as Leis de Deus que regem o Universo, não há forças malignas que os possam vencer! Como duvidar da Perfeição Divina?

Em O Livro dos Médiuns, capítulo IX, pergunta e resposta 13, o Mundo Espiritual nos fornece a única maneira de afastar os maus espíritos:

- “Há um meio de os expulsar?”
- “Sim... O melhor meio de afastar os maus Espíritos é atrair os bons. Atrai, pois, os bons Espíritos fazendo todo o Bem possível, e, os maus se irão...”

Bem se vê, pelas respostas e orientações de O Livro dos Espíritos e de O Livro dos Médiuns que é através da oração e da própria transformação que afastaremos toda e qualquer influenciação maléfica e perturbadora.

No livro Os Mensageiros, capítulo 37, André Luiz nos conta das mudanças que acontecem e da proteção no lar de D. Izabel, pelo fato de a mesma realizar o Culto do Evangelho no lar. As entidades inferiores não suportam a claridade e a higiene espirituais do ambiente, onde ele se realiza.

Tomemos cuidado, também, para não resvalarmos no sugestionamento e na auto sugestão, na indução espiritual, provocando a mono idéia de estarmos sendo perseguidos ou de sermos vítimas de mau feito, pois a emissão contínua do mesmo pensamento, pelo fato da Lei de Atração, conforme visto anteriormente, pode nos sintonizar com irmãos menos felizes, zombeteiros. Encontrando campo mental e vibratório, para tanto, podem perturbar, mas sempre dentro da Lei de Causa e Efeito, pois ninguém resgata o que não deve, nem tem necessidade de sofrer, gratuitamente.

Queremos paz, uma vida íntima equilibrada? Oremos e exemplifiquemos, principalmente, através das atitudes, o roteiro de Vida de Jesus: - Seu Evangelho! Façamos Dele nosso código de conduta moral e espiritual. Pelo bem proceder, afastamo-nos das perturbações.

Muita Paz, em Cristo!

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Curta e Compartilhe esse artigo no Facebook!