Criança evangelizada, salvação da humanidade

A União Espírita de Piracicaba desenvolve atividades em vários aspectos da doutrina espírita. Como ocorre na evangelização, que é composta por uma equipe de evangelizadores que desenvolvem o trabalho de educação infantojuvenil com o objetivo de transmitir o espiritismo, através um programa baseado nos evangelhos de Jesus e nos ensinamentos do espiritismo, em seus aspectos filosófico, científico e religioso. As aulas que são ministradas nas manhãs de domingo às 10h, e nas noites de quarta-feira, às 20h, contam com aproximadamente 90 alunos, divididos conforme as idades de 0-3, 4-5, 6-8, 8-12 e acima de 12 anos.

Todas as aulas são planejadas pelos professores que preparam os temas a serem estudados, como as atividades e as estratégias de aulas de acordo com cada faixa etária, propiciando às crianças e aos jovens, estudos e vivências que tenham significados para eles, a partir de situações vividas no cotidiano, da observação, da reflexão e dos questionamentos.“A ideia é permitir o diálogo, o debate, o aprendizado mútuo, a tolerância e o respeito pelo outro e a oportunidade de se chegar à própria conclusão”, disseram os educadores da equipe.

Segundo os evangelizadores, há um programa a ser seguido, preparado com base nos ensinamentos de Jesus e do Espiritismo, em sua parte de filosofia, religião e ciência,tendo como fundamento os princípios da doutrina: a compreensão da existência de Deus e da imortalidade da alma, que sobrevive à morte e da fé raciocinada; a consciência de que o Espírito evolui através das inúmeras reencarnações, de acordo com seu livre-arbítrio e a lei de causa e efeito; e a concepção da pluralidade dos mundos habitados. “A proposta é que os alunos conheçam todos esses princípios de maneira natural, reconheçam-se enquanto espíritos imortais, herdeiros de si mesmo e responsáveis pelo próprio aperfeiçoamento, através de seu desenvolvimento criterioso das suas potencialidades de julgamento pessoal e de sua autonomia mental”, salientaram.

O papel dos pais/responsáveis: Para os educadores da casa é fundamental que os alunos frequentem com regularidade as aulas. E a participação dos pais/responsáveis é muito importante, conhecendo e acompanhando os estudos que vêm sendo realizados com os seus filhos. A intenção é que durante os demais dias da semana, os pais possam reforçar os conceitos trabalhados, esclarecer as dúvidas que surgirem e dar exemplos fazendo a relação dos estudos com a vida prática. Com a parceria entre parte dos pais/responsáveis e educadores o resultado é positivo, sempre com intenção de ampliar essa parceria. Sueli Meurer Fernandes acompanha os filhos, Bernardo de cinco anos e Arthur de um ano e cinco meses toda quarta-feira. Há um ano frequentando a evangelização, Sueli afirma que as mudanças foram visíveis.“A maior delas tem sido o incentivo para conversar sobre os assuntos que antes não havia interesse, como família e assuntos do dia a dia.

Faço questão de trazê-los para se familiarizarem com o ambiente, já que a casa é acolhedora, e eles sentem isso”, explicou. Dentro dos ensinamentos da educação infantojuvenil, a União desenvolve uma programação chamada “Diálogo com os pais”, que acontece uma vez ao mês, onde são apresentados temas referentes à educação do Espírito, bem como orientação aos pais sobre o desenvolvimento das crianças e jovens. Para manter todo este trabalho, os educadores da União reúnem-se regularmente para discutir o trabalho, dividir dificuldades e buscar soluções conjuntas, sugerir e programar atividades. Complementando a evangelização, há também um encontro semanal de estudos sobre a pedagogia espírita, com a leitura e discussão de obras de educadores como Dora Incontri, Rivail, Pestalozzi, Comenius, Eurípedes Barsanulfo e Maria Montessori, entre outros.

Baixe o nosso Jornal em Pdf.

© 2018 União Espírita de Piracicaba. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Neticom Brasil Agência de Marketing Digital