contato@uniaoespiritadepiracicaba.com.br (19) 9 9698 3606

Por André de Paiva Salum em 11/11/2014

O centro espírita, dentre as inúmeras tarefas que são realizadas no seu interior, destaca-se a de acolhimento. Na época atual, de imensa carência de espiritualidade e de orientação moral elevada, é no centro espírita que muitas pessoas são primeiramente acolhidas, para depois receberem o encaminhamento conforme as necessidades e oportunidades de cada um.

O centro espírita acolhe:

  • a mente ávida de saber;
  • o coração sedento de amor;
  • a alma carente de paz;
  • o doente ansioso pela cura;
  • o aflito procurando consolo;
  • o viciado em luta pela libertação;
  • o obsidiado em busca de socorro;
  • o médium atormentado rogando diretrizes de equilíbrio;
  • o ocioso necessitado de serviço redentor;
  • o culpado à procura de alívio para a consciência;
  • a família conflituosa em tentativa de harmonia;
  • o casal buscando o reajuste afetivo;
  • o desanimado esperando receber novas forças.

            As tarefas que cabem ao centro espírita crescem com a evolução da própria Doutrina, que aponta novos rumos e atribuições para as instituições que professam os ideais evangélicos à luz da Terceira Revelação.

            O grupo espírita é um centro de acolhimento com papel social e psicológico de grande importância. Para muitas pessoas é a porta de entrada para novo caminho de libertação e luz; para outras é a porta de saída dos vícios e atitudes destrutivas que cultivavam até então. A instituição espírita propicia oportunidade ímpar de serviço redentor a quem sinceramente se esforça para o autoaprimoramento.

            O grupo espírita oferece:

  • à criança a orientação evangélica como alicerce moral;
  • ao jovem o aprimoramento do caráter;
  • ao idoso a reflexão sobre a vida e o valor da experiência;
  • aos pais roteiro de educação para os filhos;
  • aos filhos lições de respeito aos pais;
  • ao cidadão ensinamentos úteis para que se torne colaborador do bem comum;
  • ao ser humano a lembrança de que é espírito, com origem, natureza e destino divinos;
  • ao espiritualista os esclarecimentos para que possa fazer melhor o bem que deseja realizar.

            A instituição espírita, como organismo em constante evolução, é instrumento de aprimoramento dos seres humanos que a compõem, pois os membros da equipe têm a dádiva de servir em nome do Amor, como roteiro da própria felicidade.