contato@uniaoespiritadepiracicaba.com.br (19) 9 9698 3606

Por Jairo Capasso em 11/10/2012

É comum vermos pessoas tentando compreender a vida e buscar explicações para fazer a sua própria vida mais feliz. Será que não podemos nos espelhar nos grandes exemplos da humanidade? Não ficaria mais fácil para encontrarmos o nosso próprio caminho? Afinal, por que eles eram felizes e suas ações surpreendentemente admiráveis? O que faziam para isso?

GANDHI tinha por lema a não violência, e pregava o Amor irrestrito.

FRANCISCO DE ASSIS, era desprendido dos bens materiais, exemplificava com o desapego e praticava um Amor imenso a tudo e a todos.

MARTIN LUTHER KING pregava o fim do preconceito, do racismo e era pelo Amor e igualdade entre as pessoas.

BUDA ensinava que todos podem alcançar a felicidade, pregava o respeito entre as criaturas como uma forma de verdadeiro Amor.

JESUS veio ensinar às criaturas a se prepararem para o Reino de Deus, através do Amor.

MADRE TEREZA DE CALCUTÁ trabalhava pela ajuda aos pobres e doentes e vivia o Amor intensamente.

ZILDA ARNS implantou um programa que até hoje auxilia milhões de crianças pobres no mundo e fez tudo por Amor.

CHICO XAVIER doou sua vida ao trabalho pelos outros por Amor.

IRMÃ DULCE, era chamada “O Anjo da Bahia”; fez entrega total de sua vida à caridade e Amor ao próximo.

Então o que faziam estes homens e mulheres para serem tão admiráveis?

Estudando suas vidas, notamos que “TODOS PRATICAVAM O AMOR INCONDICIONAL AO PRÓXIMO”.

Assim, podemos entender porque eram tão admiráveis, A PRATICA DO AMOR OS FAZIA ADMIRÁVEIS!

Compreendendo isso e observando os seus exemplos será que não daríamos um rumo feliz às nossas vidas também através do Amor?