contato@uniaoespiritadepiracicaba.com.br (19) 9 9698 3606

Por Jairo Capasso em 06/11/2012

Na década de 80, eu residia na cidade de Rio claro. E sempre visitava Araçatuba, onde moravam meus pais.

Uma de minhas cunhadas na época comparecia a um Centro Espírita em seu Bairro.

Um dia, sabendo-me espírita, convidou-me para acompanhá-la. Fui. Numa outra viagem a Araçatuba, logo que a visitei ela veio admirada contando-me que um espírito que se comunicava no Centro frequentado por ela, um dia  identificou-se dizendo chamar-se Rodolfo Calligaris e que, antes de sua morte física morava na cidade de Rio Claro, onde até hoje tinha lá sua família. O Diretor dos Trabalhos mediúnicos, entre o entusiasmo e a dúvida, estava se preparando para fazer uma viagem a Rio Claro. Queria conferir aquela informação e comprovar a veracidade das informações do Espírito. Ela me contou sua intenção. Disse-lhe eu, então, ele não mais precisa ir até Rio Claro, fazer essa viagem! A informação do Espírito é totalmente verdadeira. Morando em Rio Claro, conheci a história de Rodolfo Calligaris. Morara de fato ali, era um espírita trabalhador das causas da Doutrina e escritor. Escreveu vários livros (citemos alguns: - Páginas de Espiritismo Cristão, Parábolas Evangélicas (FEB), A vida em Família (IDE). Inclusive sua esposa frequentava o mesmo Centro Espírita que eu, e nos conhecíamos. Disse à minha cunhada, na próxima viagem trarei livros do Espírito, publicados quando encarnado. E fiz isso, deixando o Diretor de trabalhos mediúnicos daquele centro, muito emocionado pela comprovação da história contada pelo Espírito. Estava ali confirmada a identidade do Espírito e acima de tudo ERA MAIS UMA PROVA DE IMPORTALIDADE DA ALMA. Rodolfo Calligaris continuava vivo na vida espiritual, trabalhando, dando suas contribuições, aprendendo, evoluindo!