contato@uniaoespiritadepiracicaba.com.br (19) 9 9698 3606

Quando a luz se acendeu, as lágrimas ainda insistiam em brotar dos olhos de quem assistiu o filme "Minha Vida na Outra Vida", exibido no último Sábado, dia 29 de Junho de 2013 na UEP. Uma história emocionante, que nos leva a compreender a força do amor como laço que une os seres através dos tempos.

Abaixo deixamos algumas observações que dizem respeito ao que poderia ter motivado estes acontecimentos, à partir do ponto vista do mundo espiritual:

"Mary era uma mulher sensível, uma mãe carinhosa e dedicada que vivia uma vida muito pobre com os filhos e o marido num pequeno vilarejo na Irlanda.

Vítima da violência do marido, diante de uma gravidez de alto risco, da possibilidade iminente de morrer e motivada pela preocupação com o destino dos filhos, Mary, numa atitude impensada e desesperada, incumbe ao seu filho mais velho Sony, a tarefa de manter a família unida a qualquer preço, caso alguma coisa viesse a lhe acontecer.

Após desencarnar no ano de 1932, Mary pôde acompanhar o sofrimento do filho Sony tendo que lidar com a intemperança de seu pai, e com a forte culpa que sentiu quando inevitavelmente foi levado a separar-se dos irmãos, de forma a oferecer-lhes melhores oportunidades do que aquelas que teriam, caso continuassem vivendo com o pai. Para Sony, ele não teria sido capaz de honrar a promessa feita à sua mãe por quem sentia uma forte ligação.

Diante de tais fatos, ainda na erraticidade, Mary teria pedido permissão para corrigir aquele gesto impensado que poderia levar seu filho Sony a um processo de culpa supostamente capaz de acompanhá-lo através dos séculos, com consequências terríveis, atrasando imensamente seu avanço espiritual.

Uma vez que obteve a permissão, Mary se prepara e inicia rapidamente o processo reencarnatório, de forma que fosse possível reencontrar seus filhos ainda encarnados. Mary retorna à vida material no ano de 1953, agora como Jenny Cockell.

Ainda criança, durante o sono, seu espírito retornava ao plano espiritual, onde teria acesso às lembranças de sua encarnação anterior na Irlanda. Estas lembranças, seriam posteriormente transferidas gradualmente à sua consciência na forma de imagens fragmentadas de um tempo e de lugares que aparentemente nunca tinha estado ou vivido.

Impulsionada por fatores como o afastamento de seu filho, que iria estudar fora e uma gravidez inesperada, que lhe acentuaram ainda mais sua ligação com os filhos, as lembranças de Jenny tornavam-se cada vez mais fortes, de forma que lhe ressaltasse a necessidade intuitiva do cumprimento de sua "missão".

Cada vez mais perturbada por estas imagens, que já influenciavam seu estado emocional e sua convivência familiar e profissional, Jenny procura por um especialista que reforça sua crença e confirma que aquelas imagens tratavam-se na verdade de lembranças de uma existência anterior.

Jenny, agora disposta a esclarecer os fatos, viaja até a Irlanda e após investigação minuciosa, consegue reunir seus filhos de outra existência e sobretudo colaborar para a dissolução do sentimento de culpa de Sony, permitindo que ele pudesse seguir adiante em sua jornada evolutiva."


A União Espírita de Piracicaba, representada por sua Mocidade, que é responsável pela manutenção desta atividade, agradece àqueles que puderam comparecer e convida a todos para assistirem ao próximo filme que será exibido no dia 27/07/2013.